Please update your Flash Player to view content.
Contato
Tamanho da letra:

Alcionira e Francilene eram tia e sobrinha respectivamente

 

Vão por onde as vítimas caíram. Este não foi o primeiro caso

 

Até agora a cidade de Marabá está perplexa com a morte de duas mulheres que caíram da ponte rodoferroviária do Rio Tocantins na noite de domingo. Até por volta das 18h desta segunda-feira (2), apenas um corpo foi encontrado pelo Copo de Bombeiros.

Foi o cadáver de Francilene Alves de Sousa, de 28 anos, ainda pela manhã, na altura do “Inflamável”, que fica pra lá da Praia do Tucunaré. Já no meio da tarde foi localizado um corpo que em princípio chegou a ser noticiado como  sendo o de Alcionira Xavier de Oliveira, de 31 anos. Mas não era o dela. Tratava-se de um cadáver do sexo masculino, já em adiantado estado de decomposição. As buscas foram encerradas e serão retomadas nesta terça.

As informações sobre o caso são de que as vítimas estavam na Praia do Geladinho junto com as famílias e vieram do balneário num comboio de três veículos. Ao chegar à ponte do Rio Tocantins, havia um carro quebrado, de modo que todos ficaram parados.

As duas resolveram descer para urinar e tentaram pular a mureta, passando da pista de rolamento para os trilhos do trem, mas acabaram caindo no vão que existe ali.

Total de acessos:
1270294

Temos 57 visitantes e Nenhum membro online

  • publicidade-junto.jpg
  • publicidade-arte-gesso.jpg
  • publicidade-cmm.jpg
  • publicidade-jk-confeccoes2.jpg
  • publicidade-jk-confeccoes.jpg